O Iluminado e Doutor Sono – Stephen King

Dicas de leitura para o Halloween 🙂 e para a vida:

O titulo O Iluminado (1977), de Stephen King, ficou famoso pela sua adaptação ao cinema. Dirigido por Stanley Kubrick em 1980, o filme é um clássico do suspense. Com uma atuação impecável de Jack Nicholson é considerado por muitos como o filme mais assustador já visto.

O-Iluminado-1980Entre filme e livro existem algumas divergências. Estas apontadas inclusive pelo próprio Stephen King que declara que apenas no seu livro é contata a verdadeira história de O Iluminado. Aliás, em entrevistas, Stephen confessou que ODIOU o filme (rs).

Em O Iluminado há suspense do começo ao fim! O desenrolar da historia trás cada vez mais apreensão ao leitor. Posso provar isso dizendo que foi o único livro da minha vida em que fiz pipoca para ler e considero como um dos melhores que já li. E pra quem ainda não conferiu nenhuma das duas obras, é interessante ver o filme ANTES, pois lembrar da cara maníaca do Jack Nicholson ao ler sobre seu personagem causa ainda mais medo.

A história  gira em torno da família Torrance.

O pai, Jack Torrance: um professor e escritor respeitado em sua área, porém alcoólatra e violento, situação que o leva ao desemprego.

A mãe, Wendy Torrance: uma dona de casa muito cuidadosa com o seu filho.

O filho, Danny Torrance: Apesar de parecer, Danny não é um menino comum. Altamente sensitivo, tem a capacidade de ouvir pensamentos e transporta-se no tempo, revendo o passado e fazendo premonições, sempre com a ajuda do seu amigo imaginário Tony.

Tudo se inicia quando Jack Torrance, desesperado por uma ocupação vai a uma entrevista de emprego para ser zelador de inverno no Hotel Overlook. No dia da entrevista, o empregador explicita para Jack os perigos do isolamento naquele hotel. Conta que o último zelador, Sr. Grady, sofreu de uma situação chamada de “síndrome da cabana”, uma reação de claustrofobia que ocorre quando um grupo de pessoas fica isolada por um longo período de tempo; o resultado disso são alucinações e violência. Sr. Grady, matou suas duas filhas com uma machadinha e sua esposa com uma escopeta, em seguida cometeu suicídio. Jack sabia que aquilo jamais aconteceria com ele, considerava-se um homem estudado demais para se deixar levar por alucinações. A família, vendo aquela situação como uma oportunidade, aceita as condições do empregador e muda-se temporariamente para o hotel.

Nada parecia ser mais perfeito, a família poderia passar mais tempo juntos, longe da cidade e Jack Torrance teria tempo e sossego suficientes para terminar o seu novo livro e reerguer sua carreira.

Todavia, o Overlook não era um hotel como os outros. Ele escondia segredos e demônios do passado, que aguardavam a primeira oportunidade de vulnerabilidade para que espíritos malignos que ainda residiam no hotel demonstrassem o seu ódio.

Os seus pais estavam felizes, mas Danny sabia que ali poderia ser a sentença de morte da família Torrance.

Presos no hotel, a reclusão da família começou a ser insuportável. Jack Torrance, não conseguia se concentrar na sua escrita e começou a sentir uma grave crise de abstinência da bebida. Foi então que começou a ter suas primeiras alucinações no bar do Hotel.

Conforme o tempo passava, Jack se tornava mais violento e delirante, se deixando dominar pelo demônio do Sr. Grady.

Enquanto isso, Danny Torrance sabia que seu pai estava se revelando uma pessoa perigosa e, ao explorar o hotel, se deparava cada vez mais com os espíritos que ali residiam.

A cena clássica do filme com Jack Nicholson com o rosto na fresta da porta correndo atrás da sua família com um machado aponta também para o ponto alto do livro. Quando Danny tenta de diversas maneiras avisar para a mãe o quão perigoso o seu pai pode se tornar e quando Jack Torrance, por fim, começa a perseguir a sua família pelos corredores do hotel, arrastando um taco de beisebol pelas paredes e gritando pelo nome de Danny.

Naquele inverno traumático, os poderes de Danny não foram os suficientes para salvar toda a sua família. Jack Torrance se foi junto com o Overlook.

Diante da curiosidade de saber o que aconteceu com Danny Torrance após sua saída do Overlook, Stephen King continua a história do menino iluminado em Doutor Sono (2011).

12188844_10205474995254665_361021907_nDanny agora é Dan.
Dan encontrou um modo de controlar o seu poder e deixar pra trás os traumas da infância. Assim como seu pai, tornou-se um alcoólatra. Não tão violento quanto ele, pois ele tinha em mente tudo aquilo que não queria se tornar, mas um ser humano fracassado que precisava vagar de cidade em cidade já que sempre perdia o emprego para a bebida.

Dan agora é um homem de meia-idade, cuidador de idosos e que recebeu o título de Doutor Sono devido a sua capacidade de trazer últimos minutos de paz aos idosos antes de falecerem.

Quando chegou à cidade de Teenytown, Dan decidiu que precisava parar de beber. Foi quando entrou no grupo dos Alcoólicos Anônimos e fez algumas amizades. Durante sua estadia na cidade e sua sobriedade, começou a ter contato telepaticamente com Abra Stone, uma garota de 12 anos que era ainda mais Iluminada que ele durante a sua juventude.

A história começa a ganhar suspense quando Abra é descoberta pelo Verdadeiro Nó – uma espécie de “vampiros” que percorrem as estradas em trailers e que se alimentam do poder de iluminação de crianças. Os membros do Verdadeiro Nó possuem mais de 100 anos e continuam com uma aparência jovem, vagam procurando crianças iluminadas para torturá-las e engarrafar o seu poder, que chamam de vapor. Ao se alimentarem com o vapor, continuam saudáveis e, até então, eternos.

Vendo o quanto corria perigo, Abra pede ajuda a Dan. Que junto com John, Billy e os pais de Abra, fazem de tudo para proteger a menina e acabar com o Verdadeiro Nó.

Na nota do autor, ao final do livro, Stephen cita a sua insegurança ao escrever uma continuação para o personagem de O Iluminado. Definitivamente, Doutor Sono não é tão bom quanto O Iluminado, confesso que esperava mais. Todavia, o livro não deixa a desejar no suspense e genialidade de Stephen King. É difícil definir um suspense como uma boa ou má história. Assim como as demais emoções, o susto é muito subjetivo, eu acho. 🙂

Espero que tenha valido a dica!
Happy Halloween!

tumblr_mleyb1OenX1qmzqppo1_500


Uma ótima vida!
Valeu. :*

Anúncios